Sobre mim

Nasci numa das vilas mais bonitas de Portugal, no extinto hospital da vila de Sintra, a 27 de março de 1976, no seio de uma família saloia, com um pai músico nas horas vagas, uma mãe dona de casa a tempo inteiro, dois irmãos mais velhos e os avós maternos, que noutros tempos iam de macho até Cascais vender fruta, entre outros produtos da terra.


Sempre fui uma menina d'aldeia... Um dia quis ser jornalista para contar boas histórias e aprender com os outros, foi nessa altura que conheci "a pedra rara" com quem partilho a vida.


 Acredito na boa vontade dos humanos, desejo o mesmo para os meus filhos, a quem dedico este sítio.


Acho que todos os dias são importantes, até os maus e os assim-assim. Oxalá o amor jamais passe, pois com amor e consciência tudo é mais simples.


Há muito tempo que tinha vontade de partilhar esta serendipidade, parece ter chegado a hora...